Organização Financeira

Consultor fala sobre os principais erros de quem não consegue se organizar financeiramente

Organizar as contas, se controlar financeiramente e prosperar são o desejo de muitas pessoas. Fazer planilhas, anotar os gastos, enfim, inúmeros são os conselhos dos consultores financeiros para atingir tais objetivos, mas o que, de fato, impede isso? O consultor Ricardo Pereira conta alguns dos principais erros cometidos por quem tenta se planejar financeiramente e não consegue.

Vivemos em uma sociedade altamente consumista e a vontade de ter as coisas é o que nos motiva a seguir em frente. Comprar não é um problema. O problema é que muitas pessoas só são capazes de realizar estes sonhos através de empréstimos. O fundamental é trabalhar firme na questão do planejamento e consumo consciente. Aprender a lidar com a frustração, a esperar e a guardar dinheiro para comprar o que quer são outros hábitos prudentes e que dão resultados”, explica.

Pereira alerta também para quem afirma que “não investe porque nunca sobra dinheiro”. Segundo o consultor, o investimento deveria ser prioridade na vida. E ainda completa alegando que a postura correta seria não esperar a sobra para investir.

O terceiro erro, segundo o consultor, é abrir mão de informações sobre finanças, já que nunca é tarde para aprender. Informação nunca é demais e, Pereira ainda afirma que a “falta de informação de qualidade faz com que percamos excelentes oportunidades. A ignorância financeira é uma vilã que age de forma silenciosa, e aos poucos leva as pessoas a utilizar as ferramentas de maneira equivocada”.

E, por fim, o consultor lembra a importância da uma reserva financeira. Já que um dos erros mais comuns cometidos por quem não consegue ‘entrar na linha’ é justamente não se preocupar em guardar dinheiro para uma emergência.

“Como assim? Na prática, acabamos tendo que tirar o dinheiro que estava guardado para a realização de sonhos e investimentos para cobrir o buraco criado pela emergência – isso quando existe esse investimento, já que a maioria das pessoas conta apenas com o dinheiro para passar o mês e acaba se endividando em momentos sensíveis da vida”, diz.

O entrevistado autoriza o uso de suas declarações. A Losango não se responsabiliza pelo conteúdo.

Esta informação não objetiva dar conselho legal, contabilidade ou taxa. Pessoas acessando estas páginas devem obter orientação apropriada considerando os objetivos do investimento, situação financeira e necessidade. A orientação financeira oferecida não foi preparada considerando-se objetivos de investimento em particular, situação financeira e necessidades de qualquer investidor em particular. Investidores orientados devem avaliar se é apropriado agir como tal.

Anterior Próxima

Próximas matérias

Trabalho

Trabalhar em casa, no estilo home office, não é fácil como parece. É necessário ter disciplina, ser organizado e deixar a preguiça para trás. Em entrevista exclusiva, o consultor financeiro Conrado Navarro conta como deve ser o perfil de quem deseja assumir esta responsabilidade. Confira!

Planejamento

Estudar ou trabalhar no exterior é o desejo de muitas pessoas que querem adquirir experiências para enriquecer o currículo. Mas será que este investimento vale a pena? Quem encara este desafio costuma dizer que sim. Passar uma temporada ‘lá fora’, conhecer outra cultura e colocar em prática o que se aprende são alguns dos benefícios adquiridos por quem faz intercâmbio, seja para estudar ou trabalhar.

Soluções para Você

Descubra todas as soluções que temos para você realizar seus sonhos.

Tabela de Tarifas